A revolta do povo no transporte tem história

A revolta do povo no transporte tem história

Não é novidade que a elite de Floripa explora o povo e lucra em cima do direito à cidade – e não é de hoje que o povo resiste! De 1932 aos dias de hoje, passando por tantos anos com grandes mobilizações como 2004, 05, 10 e 13, nas ruas se batalha contra a truculência da tarifa e as máfias de empresários e prefeitura. HOJE! Ato contra o aumento da tarifa, essa luta segue. Todas

A maior disputa nesse país será contra o Judiciário!

A maior disputa nesse país será contra o Judiciário!

O Chefe de Gabinete do Presidente do TRF4 que irá julgar o ex-presidente Lula é flagrado nesta rede social exigindo a condenação de Lula. Isso às vésperas de um julgamento que a mídia e a ideologia dominante fazem pensar o senso comum ser justa e imparcial. No mesmo dia o Juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro, em entrevista concedida a Mirian Leitão, jornalista golpista de plantão das Organizações Globo, ao

Vila Esperança, às margens da BR 040, está ameaçada de despejo forçado!

Vila Esperança, às margens da BR 040, está ameaçada de despejo forçado!

Nota de solidariedade e luta    Uma comunidade de pessoas que ousaram sonhar e construir as suas casas há  seis anos. Cerca de 150 (cento e cinquenta) famílias que nunca tiveram acesso à moradia adequada e ergueram sua comunidade onde tinham condições de o fazer, no entroncamento entre a Avenida Tereza Cristina e o Anel Rodoviário, às margens da BR 040.    Vidas que estão hoje ameaçadas por uma decisão vergonhosa da Justiça Federal em

Andreia de Jesus: É preciso ocupar a política. Sou pré-candidata à deputada estadual

Andreia de Jesus: É preciso ocupar a política. Sou pré-candidata à deputada estadual

As eleições de 2018 se realizarão em uma conjuntura de golpes contra o povo brasileiro, de aprofundamento do Estado de Exceção e de uma profunda disputa sobre o sentido da democracia. Não há democracia em um país onde uma presidenta é deposta para que se aplique um programa de desmontes de direitos, onde governa um projeto político que jamais seria eleito por ninguém, onde a participação legitimada se resume a votar de quatro em quatro

Por uma saída nacional e popular para o Brasil: Derrotar o golpe de estado, enfrentar os privilégios e inaugurar um novo tempo político

Por uma saída nacional e popular para o Brasil: Derrotar o golpe de estado, enfrentar os privilégios e inaugurar um novo tempo político

O Brasil vive hoje uma brutal ofensiva conservadora, liderada pelo governo ilegítimo, anti-nacional e anti-popular de Michel Temer. O padrão de estabilidade política que vigorou desde o fim da ditadura e que teve seu marco inaugural na constituição de 1988 parece se aproximar do fim: Entrega acelerada dos recursos estratégicos para o imperialismo, aprofundamento da superexploração do trabalho, retirada intensiva de direitos, além de fortes ataques à liberdade de expressão são marcas de uma marcha