Andreia de Jesus: É preciso ocupar a política. Sou pré-candidata à deputada estadual

Andreia de Jesus: É preciso ocupar a política. Sou pré-candidata à deputada estadual

As eleições de 2018 se realizarão em uma conjuntura de golpes contra o povo brasileiro, de aprofundamento do Estado de Exceção e de uma profunda disputa sobre o sentido da democracia. Não há democracia em um país onde uma presidenta é deposta para que se aplique um programa de desmontes de direitos, onde governa um projeto político que jamais seria eleito por ninguém, onde a participação legitimada se resume a votar de quatro em quatro

Por uma saída nacional e popular para o Brasil: Derrotar o golpe de estado, enfrentar os privilégios e inaugurar um novo tempo político

Por uma saída nacional e popular para o Brasil: Derrotar o golpe de estado, enfrentar os privilégios e inaugurar um novo tempo político

O Brasil vive hoje uma brutal ofensiva conservadora, liderada pelo governo ilegítimo, anti-nacional e anti-popular de Michel Temer. O padrão de estabilidade política que vigorou desde o fim da ditadura e que teve seu marco inaugural na constituição de 1988 parece se aproximar do fim: Entrega acelerada dos recursos estratégicos para o imperialismo, aprofundamento da superexploração do trabalho, retirada intensiva de direitos, além de fortes ataques à liberdade de expressão são marcas de uma marcha

Governo golpista ataca a política de saúde mental

Governo golpista ataca a política de saúde mental

Atual gestão do Ministério da Saúde vem destruir uma política criada a partir das mobilizações de trabalhadores, familiares e usuários do sistema de saúde brasileiro. O Brasil segue passando por um momento muito conturbado de sua vida política. Retrocessos e atrasos seguem em curso com a ampla retirada de direitos do povo trabalhador. O governo ilegítimo, instaurado por meio de um golpe jurídico-parlamentar, segue destruindo a nação, colocando-a de joelhos frente ao capital internacional e

Acampamento Hugo Chávez sofre novo ataque de pistoleiros

Acampamento Hugo Chávez sofre novo ataque de pistoleiros

Começou agora à pouco mais um ataque de pistoleiros contra as familias do acampamento Hugo Chávez, Marabá.    Três camionetes com vários pistoleiros disparam contra o acampamento e xingam as pessoas. Mulheres, idosos, jovens e, principalmente as crianças, estão na linha de tiro dos  pistoleiros.    As famílias denunciam à muito tempo os ataques que sofrem por parte de grupos armados à mando dos fazendeiros Rafael Saldanha e Osvaldo Saldanha e a inércia dos governos

As comunas: estratégia para fortalecer a organização comunitária

Por Pedro Otoni Nosso país está submetido a uma profunda ofensiva de forças conservadoras (algumas inclusive de caráter fascista). Como resultado, vemos desmoronar conquistas sociais, garantidas com o esforço de trabalhadores em luta por mais de um século de nossa história. O imperialismo avança no controle dos nossos bens estratégicos; as elites econômicas associadas ao estrangeiro entregam as últimas reservas de soberania nacional a troco de ganhos imediatos. Vemos diante de nossos olhos a mesma