PORQUE HOJE SOMOS MUITOS(AS)!

Por Sammer Siman Inquestionável o fato de termos – enquanto campo político que combateu o Golpe de Estado no Brasil – sofrido uma derrota acachapante nas eleições municipais. Num primeiro olhar as boas notícias foram poucas, talvez a mais expressiva delas foi a derrota do golpista MOR Aécio Neves em Belo Horizonte a partir da derrota de seu pupilo João Leite, carinhosamente apelidado de “John Milk” pelos belorizontinos. E mesmo assim trata-se de uma

PORQUE HOJE SOMOS MUITOS(AS)!

Por Sammer Siman Inquestionável o fato de termos – enquanto campo político que combateu o Golpe de Estado no Brasil – sofrido uma derrota acachapante nas eleições municipais. Num primeiro olhar as boas notícias foram poucas, talvez a mais expressiva delas foi a derrota do golpista MOR Aécio Neves em Belo Horizonte a partir da derrota de seu pupilo João Leite, carinhosamente apelidado de “John Milk” pelos belorizontinos. E mesmo assim trata-se de uma “meia

Dia do Servidor Público: o único presente é a juventude #OcupaTudo

Por Rodrigo Santaella Ontem, 28 de outubro “comemorou-se” o dia do servidor público. Nós, assim como as e os demais trabalhadores do Brasil, as estudantes, a juventude da periferia e todo o andar de baixo da sociedade brasileira, estamos sob ataque. Como se anunciava nos momentos anteriores à retirada ilegítima de Dilma Rousseff da Presidência da República, o que se seguiu àquilo foi a implementação de um governo golpista, montado com inúmeros quadros derrotados nas eleições

O direito à moradia digna não cabe em abrigos, ginásios e caixas de papelão!

O direito à moradia digna não cabe em abrigos, ginásios e caixas de papelão!

A ocupação Vitória, na cidade de Campo Florido (CF), no Triângulo Mineiro, com mais de 200 (duzentas) famílias, sofreu um despejo forçado no dia 20 de outubro de 2016. As famílias foram vítimas da militarização de um conflito social que necessita de uma política de habitação e urbana eficaz como alternativa ao conflito social e não a utilização do aparato policial. Além dela, uma ocupação feita na cidade de Montes Claros, onde mais de 30

Quando um crime vira lei

Quando um crime vira lei

Nesta quarta-feira (05), a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4567/16, que desobriga a participação da Petrobras na exploração de cada jazida do pré-sal brasileiro. Até o momento, a participação da estatal tinha de ser de, no mínimo, 30%. A medida abre as portas para que as petroleiras internacionais assumam de vez o controle. Este é o mais perverso dos projetos aprovados pelos golpistas até agora. O petróleo do pré-sal é a principal