SURGE MAIS UMA OCUPAÇÃO EM BH: MARIA VITÓRIA

No dia 18 de Maio de 2015, famílias que já não suportavam mais pagar o aluguel ou que viviam de favor ocuparam um terreno público abandonado há muitos anos no bairro Copacabana, em Belo Horizonte. A ocupação, chamada de Maria Vitória, é irmã da Ocupação Maria Guerreira, que resistiu a tentativa ilegal de despejo por parte da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) no início desse mês. As duas ocupações são compostas majoritariamente por famílias que

Dizemos SIM à Abordagem de Gênero

As Brigadas Populares repudia de forma veemente os parlamentares que evocam argumentos homofóbicos, sexistas e conservadores para oprimir e negar direitos axs brasileirxs com base em sua orientação sexual e identidade de gênero e, por isso, manifestam seu repúdio ao panfleto impresso pelo vereador Adriano Ventura (PT) declarando  sua posição contrária à inclusão da abordagem de gênero no Plano Municipal de Educação. O referido panfleto, distribuído na audiência pública convocada pelo vereador Joel Moreira Filho

NOTA EM SOLIDARIEDADE AO “VALLE DE TAMBO” E AO POVO PERUANO EM LUTA

O povo peruano vem atravessando um dos maiores conflitos sociais e políticos das últimas décadas, criado pelo governo de Ollanta Humala. O problema de fundo está associado ao conflito que se dá em relação à  convivência entre mineradoras e a  agricultura na região de Arequipa, província de Islay, em particular no “Valle de Tambo”. Esta é uma região rica em terras férteis para agricultura e a pecuária que durante muitas décadas milhares de famílias se dedicaram

NOTA SOBRE O 54º CONUNE

Entre os dias 4 e 7 de junho acontecerá o 54º Congresso da União Nacional dos Estudantes (CONUNE). Historicamente comprometida com as principais lutas e conquistas na educação superior brasileira, a UNE não possui mais o mesmo protagonismo. Esteve praticamente calada em relação aos recentes ataques do Governo Federal, como os elevados cortes orçamentários e o endurecimento das regras do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), se mostrou incapaz ou desinteressada de coordenar uma reação por

O desafio de ser – e se manter – jovem

por Ramon Vieira Não foi sempre dito Que preto não tem vez (…) Edi Rock / Mano Brown Os desafios da juventude brasileira – com destaque para a de periferia – são muitos, e infelizmente o principal deles tem sido o de continuar viva. Antes de desenvolvermos tal raciocínio, é importante salientar que, segundo dados do censo de 2010 do IBGE1, o Brasil possui mais de 50 milhões de pessoas entre 15 e 29 anos. Consideramos